35 3241 5950

Comunicação

LATICÍNIO COOPERVASS SE PREPARA PARA PRODUZIR O QUEIJO CAMPEÃO EM ESCALA INDUSTRIAL

29 Outubro 2019
Publicado em Notícias

O ano de boas chuvas foi também de fartura de leite no balde dos produtores do município de São Gonçalo do Sapucaí. A média diária de 30 mil litros de leite foi mantida até no período da seca, que este ano não foi tão rigorosa. Os 180 produtores de leite do município mantiveram a oferta do produto no laticínio da Coopervass, onde se transformou em alimentos cada vez mais apreciados pelos consumidores da região.

Além do iogurte, manteiga e leite, tem também o queijo que agora carrega o selo de um dos melhores do mundo. O prestígio obtido em um dos mais importantes festivais do mundo trouxe mais credibilidade à marca da Coopervass, que agora planeja também aumentar a produção do queijo campeão e a sua inserção no mercado em escala industrial.

Conforme o responsável pelo laticínio, Bruno Salles, fatos assim estimulam o ânimo dos produtores que enfrentaram um ano difícil, como a desvalorização do leite e a elevação de preços dos insumos. Ração, vacinas, remédios e equipamentos de ordenha cotados em dólar continuaram subindo em meio à crise dos preços do leite. “O mercado encolhido pela crise afetou o poder de compra das famílias que reduziram os itens no carrinho do supermercado. Muitas já retiraram iogurtes e manteigas, trocando- os por produtos mais baratos ou deixaram mesmo de comprar, o que agravou a crise do setor”, diz.

Com dias melhores esperados para a economia, a expectativa para este final de ano é o mercado dos laticínios mais aquecido - o que impulsiona naturalmente os preços. O momento, portanto, é de boas expectativas em termos de produção de leite, pois a qualidade está em alta e o laticínio no seu melhor momento em termos de infraestrutura, equipamento e mão de obra qualificada. “Estamos, pois, com a faca e o queijo na mão! Prontos para colher excelentes resultados nos próximos meses”, resume.

 

Pesquisa

Mais Vistos